RSS contos eroticos

Conto Erotico Confissões de uma virgem.

Meu nome é Anna Beatriz.
Olhando de fora, sou uma menina bem normal, pele clara, cabelos castanhos, olhos castanhos, 1,65m, 50k... eu diria que uma menina comum, com cara de menina direita, de família... e sou mesmo. Mas por dentro, minha cabeça ferve, e meu corpo mais ainda... Está sendo difícil lidar com isso, pois estou procurando alguém pra tirar minha virgindade, porém, só sinto atração por homens mais velhos. Penso, o tempo todo em sexo... fico aqui no meu quarto, sozinha, todas as tardes... vagando nas salas de bate-papo, assistindo vídeos eróticos... em busca de algum homem que queira transar comigo. Agora estou teclando com um homem do Rio de Janeiro, 30 anos mais velho que eu, que diz que quer me comer a força... isto me agrada... Hoje ele disse que vai me pegar na saída da escola... me amarrar e me foder com força, eu fiquei super excitada, e nos masturbamos falando ao telefone. Nunca ter transado faz com que eu pense em sexo, o tempo todo... me masturbo demais. Eu nunca transei com penetração, mas tenho uma amiga, com quem brinco desde pequena, ela é lésbica, e gosta de mim, adora me chupar, eu gosto que ela me chupe, gosto que ela me faça carinhos, gosto de fazer tribbing com ela... mas não gosto de beijar... ela gosta, e me beija a força. Nem sempre eu quero transar com ela, mas ela faz chantagem comigo, dizendo que vai contar pras meninas na escola, e então ela me pega a força, e eu acabo cedendo, porque gosto que me peguem desse jeito... eu ofereço resistência, mas ela é mais alta que eu... e sempre me dobra. Com meninos eu já fiquei, mas nunca namorei, o máximo que fiz foi masturbação, e 69 com dois meninos... Mas quero mesmo um homem mais velho pra me pegar pela primeira vez, sem dó, com força, sem se preocupar se vai doer ou não, se eu vou gozar ou não... Todos os homens que cruzo pelo caminho imagino me pegando... me amarrando, me comendo sem tirar a roupa pro completo... quero que me peguem assim, e oferecerei resistência. Vou espernear, gritar, chutar, empurrar... e espero que ele seja muito forte pra me dominar e fazer comigo o que ele quiser... mas sei que vou deixá-lo muito bravo... e espero que ele me dê umas palmadas, como meu pai me dá... mas depois espero que ele me dê muito colo. Esta é apenas uma introdução aos meus desejos...
Vou postar minha busca pelo meu homem mais velho... até minha primeira vez... e minhas conversas com esse homem mais velho do Rio de Janeiro.