RSS contos eroticos

Conto Erotico '' Dei o cú e a buceta pra 3 amigos no banheiro da escola ''

Oi me chamo Renata tenho 17 agora e vou lhe contar mais umas de minhas loucuras por sexo pois adoro sexo espero que gostem Estudo de manhã e como entro no trabalho tarde uso o tempo livre entre a escola e o trabalho para fazer meus trabalhos de escola , estudar, sempre tiro boas notas. Sou uma putinha cdf! rs Estava fazendo um trabalho em grupo, alem de mim o grupo era formado por uma amiga a Juliana e três homens que eram o Pedro, Julio e César, nossos trabalho sempre saem bem feitos e tiramos boas notas Mas é quase impossível não perder o foco em alguns momentos, não sei dizer como começou a conversa em meio ao trabalho, mas num determinado momento percebi que estávamos falando de sexo Mais precisamente de fantasias sexuais, a Juliana é um pouco tímida e ao perceber que não íamos mais falar do trabalho ela falou que tinha que ir embora, fiquei sozinha com os rapazes já eram quase 13 horas (nesse a escola fica deserta, raramente tem alguém) Cada um foi dizendo quais eram suas fantasias não realizadas, dos três o Julio é o mais safado, e disse que a fantasia dele era me comer no banheiro da escola Quando ele disse isso todos demos risada, e eu falei pra irmos então e aproveitar que o banheiro estava vazio, os outros entraram na brincadeira o César é muito brincalhão e disse que se eu fosse dar para o Julio teria que dar pra eles também porque amigos agem assim. Caímos na risada. A idéia de transar com os três no banheiro não era ruim, eles até que eram gatinhos e a situação me excitava, então decidi provocá-los: - Então meninos estão com medo de mim? O Julio logo respondeu: - Se eles não forem eu vou hein! Senti que eles não estavam acreditando que eu seria capaz de fazer aquilo, peguei na mão do Julio e fui à direção do banheiro, o Julio não estava acreditando que iria rolar mesmo Quando entrei no banheiro com ele, seus olhos ficaram arregalados não acreditando no que estava prestes a acontecer, perguntou se eu tava falando sério eu disse que estava com muita vontade de dar uma Falei para o Julio chamar os dois que eu esperaria no banheiro, mas não precisou chamar eles já estavam entrando no banheiro. O banheiro era apertado falei que teria que ser com um de cada vez e que tínhamos que ser rápidos, o Julio seria o primeiro, merecia, pois era o mais corajoso no momento, naquele dia vestia uma calça jeans, cintura baixa como sempre, e blusa de linha, pois estava um pouco frio, e sandália de salto, o Pedro e o César ficaram próximos a entrada do banheiro O Julio já me virou de frente para o espelho, me abraçou por traz e abriu o zíper da minha calça, e abaixou um pouco minha calça, um pouco abaixo da bunda apenas, me debrucei na pia, me apoiando pelos cotovelos empinei minha bundinha só pra esperar ser penetrada O Julio abaixou minha calça até o calcanhar, e começou a lamber meu cúzinho, da entrada do banheiro o Pedro dizia: “ – Porra meu... Come logo a mina meu!” o César completava: “ Se eu não der uma gozada gostosa com a Renata hoje você tah fudido!”. Atendendo aos apelos o Julio levantou-se, tirou o pau pra fora e colocou na minha buceta, me segurando pela cintura, ele me penetrava com força, sentia o pau dele cada vez mais fundo em mim, o tempo era curto não daria pra ter muita variação, o Julio me penetrou por uns 5 minutos aproximadamente e gozou Eu estava cheia de tesão acho que faria qualquer coisa naquele momento e com qualquer pessoa, deixaria qualquer um me comer naquele banheiro aquele dia, mas quem se prontificou foi o Pedro, pensei que ele fosse me pegar na mesma posição mais não ele, sentou numa privada, não deu pra sentar certinho com a calça pelos calcanhares e tive que tirar, me encaixei no pau dele E ele tirou minha blusinha, não estava de sutiã, usava um top e tive que tirar também para ele chupar meus seios, fiquei nuazinha só de sandálias, e nem sabia pra onde o Pedro tinha jogado minha blusinha, comecei a rebolar em cima do Pedro, coloquei a cabeça dele entre meus seios e continuei rebolando, ele me pegava forte beijava meus seios, de tanto tesão chegava a morde-los em alguns momentos Foram uns dez minutos rebolando sobe ele, até que gozei, me segurei pra não gritar, o Pedro me puxou pelo cabelo para traz e disse que queria gozar na minha boca, ele continuou sentado eu fiquei de quatro e de frente pra ele, pra fazer um boquete e ele finalizar na minha boca O Pedro chamou o César, na posição que eu estava sabia que ele iria me pegar por traz e enfiar no meu cúzinho. O Pedro me segurou pelos cabelos, olhou para o César e perguntou: “– Você vai colocar no cú dela?”. O César nem respondeu, se ajoelhou e já foi abrindo meu cuzinho, pegou um pouco de sabonete liquido da pia e passou no meu cúzinho para lubrificar e socou pra dentro, o pau dele era grosso, foi dolorida a primeira estocada dele, quando me relaxei um pouco o Pedro já colocou o pau na minha boca denovo, fiquei com as mãos para traz mexendo apenas a cabeça, usava bem meus lábios e língua na pica dele, que momento maravilhoso aquele, chupando um pau e sendo enrabada O Pedro gozou na minha boca, e gozou bastante, engoli o que pude e ainda fiquei com porra dele escorrendo pelo canto da boca O Pedro ainda esfregou o pau dele na minha cara me deixando toda melada, e no meu cú o Cesar colocava com cada vez mais força, ele fecharia aquele momento com chave de ouro gozando dentro do meu cú, não demorou e o derradeiro jato de porra foi inserido dentro de mim. Nós levantamos o Julio nem estava mais lá, o Pedro e o César fecharam as calças e estavam prontos, saíram do banheiro dizendo que me esperariam no portão de saída para não chamar a atenção (na verdade creio que estavam com medo de serem pegos) Mas quem estava na situação mais delicada era eu, que estava com gozo na cara e escorrendo pelas coxas, os rapazes jogaram minhas roupas para todos os lados, eu não podia demorar. Recompus-me, coloquei a calça sem calcinha mesmo, pois não sabia onde ela estava, coloquei o top e apenas lavei o rosto, sai do banheiro com as roupas amassadas, sem calcinha, e suada, e dei de frente com um rapaz da limpeza, gelei quando o vi, eu poderia ser expulsa da escola Se ele relatasse o que viu ainda mais pelo fato de eu ser bolsista, ele me olhou da cabeça aos pés e perguntou: “– Estava fazendo o que no banheiro masculino?”, coloquei minha mão sobre a calça dele, acariciei seu pau e disse: “– Agora eu estou atrasada, mas me procura amanhã que ao invés de contar eu faço tudo com você!”. Dei um selinho nele e fui trabalhar completamente realizada. Liguei para o corno do meu namorado só pra dizer que amava ele e deixá-lo desconfiado de que tinha aumentado sua galhada. No dia seguinte realizei minha promessa e dei pro rápaz da limpeza e o pior foi que o safado me chantageia até hoje e me come 4 vezes por semana Com uma condição tenhu que deixar ele gozar dentro da minha buceta sempre... pra num me fuder fazer oque né eu vou deixandu Espero que tenham gostadu Ah!!!! dei uma olhadinha em minhas fotinhas beijuuuuuuuuuuuuuu http://www.sonico.com/album_view_photo.php?u=64435255&a=902870&p=2029286#2029286 http://www.sonico.com/album_view_photo.php?u=64435255&a=902870&p=2029286#2029288 http://www.sonico.com/album_view_photo.php?u=64435255&a=902870&p=2029286#2029290 http://www.sonico.com/album_view_photo.php?u=64435255&a=902870&p=2029286#2029293