RSS contos eroticos

Conto Erotico Meu diretor!!

Oii gente, meu nome é Tais, sou nova aqui e quero relatar coisas que já aconteceram comigo.. Tenho 16 anos, sou loira, alta, não muito magra nem gorda.. digamos que sou normal! Desde meus 13 anos sou muito paquerada pelos moleques daqui da rua, mas nunca dava bola pois sou evangélica e minha mãe tbm. Toda semana vamos pra igreja e tudo mais.. Mas, vamos ao conto! Eu moro no interior de Maranhão com minha mãe, meu pai e meu irmão Ricardo.. Eu estudo numa escola particular, a melhor da cidade. Minha mãe é gerente comercial, quase nunca está em casa. E meu pai é bancário, sempre resolvendo problemas e mais problemas aff. Na escola sempre fui muito sonsa e desde pequena tive uma rival em relação a tudo, até as notas rsrs É a Daniela. Sempre discutimos e a professora safada (ela tinha um caso amoroso com meu irmão.. depois conto como descobri isso) sempre defendia ela. Até um dia q caímos no tapa e fomos parar na sala do diretor.. como a prof. era a favor dela, ela se livrou dessa! Enquanto eu, fiquei lá levando bronca do diretor.. O diretor Marcos, era alto, magro e tinha uns 45 anos, era viúvo há 5 anos e desde e ntão ninguém mais o viu com mlher nenhuma.. ou seja tava na maior seca rsrs. Depois de muitas broncas, ele disse q ia me dar suspenção de 3 dias.. e minha mãe teria q ir! tava ferrada, tive q apelar. Como sempre ia com uma bluza por baixo da camisa da farda, tiri já q não ia voltar mais pra sala.Começei a cruzar as pernas toda hora, deixando minha calcinha rosa chiclete à mostra.. ele não parava de olhar.. aí eu começei a me defender dizendo q foi Daniela quem começou a briga e q ela tinha me arranhado toda.. aí começei a mostrar meu pescoço q estava mesmo vermelho, deixando a mostra meu decote.. depois disso ele não tirou mais os olhos do decote.. aí eu disse q ela tinha puxado minha bluza. aí mostrei q meus seios tbm tava vermelho.. aí ele topou e disse realmente tá vermelho e começou a apalpar perguntando se estava doendo e eu disse q estava e ele começou a alisar e eu estava adorando tudo aquilo, apesar de não ter experiência e ser virgem já estava toda molhadinha.. Ele fechou a porta e perguntou se doía em mais algum lugar, eu disse q sim, q doía minha bunda tbm.. ele pediu pra q eu mostrasse, aí eu afastei um pouco a saia e ele quase babando começou a apalpar tbm dizendo q não ia deixar mais daniela topar em minha bundinha linda. aí eu disse q se ele beijasse poderia passar a dor.. mas aí eu vou deixar pra contar depois desculpa mais agora eu tenho q sair



Gostou? Então Compartilhe!