RSS contos eroticos

Conto Erotico O irmão da minha amiga

Bom eu vou começar me apresentando, meu nome é Sofia tenho 18 anos, sou morena tenho a pele branquinha, cabelos longos, pernas grossas, bunda grande e peitinhos pequenos,sou bem bonita, modéstia parte. no inicio do ano fiz amizade com uma novata Larissa ela tinha um irmão que era um espetáculo loiro, branquinho, olhos claros, corpo definido 25 anos mas ele estudava em outro estado então eu não via ele muitas vezes mas confesso que quando ele estava em casa e eu ia ver Larissa eu adorava por um shortinho curto e sentir que Pedro me olhava. Eu e Larissa começamos á ir a shows juntas e na maioria das vezes o pai dela ir nós buscar e eu dormia na casa dela. Em maio ficamos sabendo que teria uma festa na casa de um amiga e como sempre eu iria dormir na casa da Larissa, o dia da festa chegou e tudo correu naturalmente, chegando em casa só pensávamos em dormir, quando entrei percebi que Pedro ainda estava acordado, mas não dei muita atenção, tomei meu banho e coloquei o meu pijama que era bem curtinho, fiquei deitada durante um tempo, foi quando ouvi a porta do quarto do Pedro se abrir, na hora eu cheguei a conclusão que ele iria até a cozinha na mesma hora me levantei, abri a porta do quarto de vagarzinho e fui em direção a cozinha quando cheguei lá dei de cara com o Pedro só de cueca box bebendo água. Em um primeiro momento ele se assustou, mas fui puxando conversa e disse que estava com sede, peguei um copo de água e continuei conversando com o Pedro, ele me perguntou como havia sido a festa e eu disse que tinha sido tudo bem, entre uma pergunta e outra ele me perguntou se eu havia ficado com alguém, eu ri e disse que não curtia pirralhos e me virei para por o copo na pia, quando me virei senti ele colocando as mãos em minha cintura e pressionado seu corpo contra o meu, eu só fechei os olhos e em fração de segundos ele começou a beijar meu pescoço e minha orelha, sentir a boca dele percorrendo o meu pescoço foi me deixando arrepiada,eu já estava toda derretida nos braços dele e então ele me virou e me beijou, ao final do beijo ele sorriu pra mim e me convidou para ir até o quarto dele, sem pensar duas vezes eu o acompanhei, chegando lá ele trancou a porta e me puxou para um beijo intenso e cheio de vontade enquanto ele me beijava eu sentia suas mãos passeando pelo meu corpo, primeiro ele acariciava a minha cintura depois descia a mão até a minha bunda e á apertava, percebi que ele gostava das minhas coxas porque ele também apertava muitas vezes, aquilo foi me excitando e me deixando completamente louca, sem pensar em nada eu desci a minha mão que estava no abdome dele até o seu pau e por cima da bermuda comecei a fazer carinhos nele, quando ele sentiu meus carinhos na mesma hora ele parou o beijo e sorriu pra mim e de uma maneira bem gostosa ele sussurrou a seguinte frase: sempre te achei uma ninfetinha muito linda, mas não sabia que era tão gostosa. Ouvir aquilo me deixou extremamente excitada, comecei a morder e beijar o pescoço dele e ele colocou a mão por dentro do meu short e começou a fazer um carinho tão gostoso que me fazia soltar gemidos baixinhos , logico que a essas alturas eu já tinha colocado o pau dele pra fora e começado a tocar uma pra ele Pedro colou minha calcinha de lado e começou a me tocar com tanta vontade que não demorou muito tempo pra eu sentir que eu ia gozar e assim foi alguns segundos depois me ajoelhei e coloquei aquele pau grosso e de cabeça rosada todinho na minha boca eu o chupei até ele não aguentar e gozar. Depois de gozar gostoso, Pedro caiu na cama e eu cai do seu lado e então ele me beijou demoradamente e ao fim do beijo ele me disse que eu era uma putinha e que ele adora me ver de shortinho e que na próxima vez que ele me pegasse eu ia ter que dá bem gostoso pra ele. Fiquei temerosa afinal eu ainda era virgem mas ao mesmo tempo fiquei muito excitada com a ideia. Cont..
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.