RSS contos eroticos

Conto Erotico O marido da minha melhor amiga

Bom gente , meu nome é Raylla , tenho 13 anos e minha melhor amiga tem 18 , tenho cabelos negros , lisos e compridos , porém sou muito branquinha com os olhos verdes , meus seios são médios , e tenho um bumbum arrebitado e bem avantajado ; por isso só ando de shortinho , bela noite Soraya (nome fictício) me liga , por que ela iria viajar e a vizinha dela é louca pelo marido dela , um moreno baixinho uns 1,7O , todo morombado e dos olhos negros ; e ela mi pedia pra min ficar com ele , perguntei a hora pra mim ir pra lá , e ela disse 7hs ; quando deu 7:3O eu tava lá , confesso não sou muito pontual ela já estava de saida , disse pra mim comer alguma coisa , e pra ajeitar a casa , que si eu quizesse depois ela mi pagava , não achei justo ela querer mi pagar , afinal ela sempre fazia tudo oque eu pedia , então disse a ela que eu faria , nesse dia como a maioria dos outros eu estava de camisetinha e um shotinho jeans , subi pro quarto pra acorda o Fábio (nome Fictício) afinal ele tinha que mi ajudar a limpar a casa , quando eu subi e entrei no quarto ele estava bem no cantinho todo enrroladinho , como sou muito intima dele , pulei na cama dele , e comecei a fazer cócegas na barriga dele , e me pus encima dele , começamos a nôs encrencar , ainda rindo sair de cima dele e perguntei a ele si ele lava o banheiro e eu arrumaria o quarto ou si ele prefiria mi ajudar e depois eu ajuda-lo , ele disse que prefiria mi ajudar , então a cama deles é encostada na parede , e eu pedir pra ele pegar uns lençóis de cama , e quando fui por o lençol de elástico no cantinho da cama , fique de 4 com a bundinha empinada , e aquele shortinho cravado em mim , 5 minutos depois pedi pra ele por por que si não eu ia quebrar minha unha , ele sorriu , e eu ainda de 4 ele pegou em minha cintura e mi puxou fiquei lá de pé , enquanto ele colocava o lençol , fique louca com aquela bundinha dele , e como estavamos só nós dois , pedi pra mim aperta , e ele disse que só deixaria si ele fizesse o mesmo comigo , comecei a rir mas aceitei , ele abriu meu short , e colocou aquelas lindas mãos super macias , pareciam veludos , a acariciou minha bunda , começou a aperta e eu boba em nada nem pensei na minha amiga , e senti aquele kacete endurecendo , confesso não era muito grande , mas era grosso , de um jeito que eu amava , e sentir ele mi puxar e mi jogar na cama , eu abrir minhas pernas e ele rapidamente si encaixou entre minhas pernas , e tirou aquele kacete pra fora do short , fexei meus olhos e pedi pra ele resolver o resto , depois de algum tempo sentir ele tirar aquele kacete grosso de mim , e ele disse - Eu vou gozar , eu como nunca tinha provado pedi pra sentir , aquele leitinho era morninho , e comecei a chupar aquele kacete , meio sem saber muito oque fazer , mas sabia que ele tava gostando , pois ele soltava uns gemidos que mi deixavam confiantes , fique louca ; ele derrepente si deitou sobre mim , e sussurou no meu ouvido - te quero de quatro igual como você tava , fique meia com medo , e mi sentir estranha afinal era uma posição estranha , e ele disse assim - ai meu Deus , esse cúzinho também é fexadinho , em seguida senti a cabecinha entrar , tava doendo muito mas fiquei calada , quando senti já estava tudo dentro e fiquei louca , mandei ele meter com toda a força dele , ele começou a fazer o vai e vem muito rapidamente ; e eu fiz ele gozar mas uma vez , e o liquido gosmento e branquinho não parava de desce pelas minhas pernas , e senti um arrepio ; e a vizinha tocou a campainha , mi lavei rapidamente , e fui arrumar o resto da cama ;