RSS contos eroticos

Conto Erotico Pirulito de Natal

Sempre gostei do Natal afinal com ele vinham sempre os presentes e as comemorações, mas houve um em especial que até a hoje me vem à lembrança...
Na época eu já era adolescente e sendo irmã mais velha tinha que levar meus dois irmãos ao Shopping para ver o Papai Noel. Se os deixasse ficariam horas naquela fila enorme apenas para sentar no colo dele. Sempre que saia com os maninhos eu levava meu celular e ficava ouvindo música enquanto esperava. Naquele ano reparei que o Papai Noel não era velho apesar da maquiagem e barba postiça, então me peguei tentando imaginar ele sem fantasia quantos anos teria. Nessa observação vi que ele chamava as irmãs mais velhas também para sentar no seu colo e quando elas saiam dele vi que havia outro volume além da barriga falsa. Isso me deixou curiosa e continuei a observar.
Quanto chegou a vez dos meus irmãos ele os atendeu e logo após me chamou para sentar em seu colo pra fazer o pedido de Natal, eu que já estava sabia do volume que formaria fiquei me ajeitando em seu colo logo sentindo algo duro contra mim.
Resolvi fazer o pedido a ele:
_ Papai Noel quero ver essa coisa dura que estou sentada!
Ele meio sem jeito me respondeu baixinho:
_ Ver agora não dá, mas você pode tocar - nisso ele colocou o saco de pirulitos que ele distribuía as crianças no colo e continuou – escolhe seu pirulito jovenzinha.
Eu logo senti que o saco estava quase vazio que havia colocado em seu colo e me direcionando a mão dentro do saco me fez pegar o volume de suas calças e então disse:
_ Escolhe devagar não precisa ter pressa – prendendo o ar cada vez que eu segurava o volume pulsante em minha mão – pode vir amanhã escolher outro.
Nisso acabei indo levar meus irmãos todos os dias da semana para ver o Papai Noel e eu aproveitava pra pegar no volume dele enquando escolhia meus pirulitos...
Mas no final dessa semana ele me convidou enquanto eu o acariciava:
_ Venha sozinha amanhã as sete horas que vou te dar um presente especial.
E eu mais que depressa retornei, assim que me viu ele disse a seu assistente que iria jantar e fez um sinal para que eu o acompanhasse.
Fui levada a uma sala onde não havia ninguém e então ele me pergunta:
_ Queria ver meu volume? Aqui esta. _ e foi logo abaixando a calça onde vi um cacete enorme duro e cheio de veias – Pode tocar não é o que você quer?
Mais que depressa o toquei e senti minha bucetinha ficar molhadinha só de ver e tocar aquela coisa tão diferente e ao mesmo tempo instigante.
Então ele tirou a barriga falsa e a barba e pela primeira vez o vi como ele era realmente.
_ Vem lindinha sentar no colo do Papai Noel – ele sentou-se e logo me pegou em seu colo esfregando aquele cacete em mim levantando a minha saia e afastando a minha calcinha.
Eu já muito molhadinha e sentindo tanta vontade que ele não parasse que nem liguei, vendo minha quietude resolveu encaixar aquele cacete entre minhas pernas dizendo:
_ Vou te dar o melhor pirulito que já chupou garota _ me levantou um pouco e colocou o cacete dele na entrada da minha bucetinha me descendo aos poucos e chupando meus peitinhos.
Estava com tanto tesão que quase nem senti quando ele tirou minha virgindade, mas após ele ter se encaixado todo dentro de mim não conseguia ficar parada em seu colo sentindo prazer no movimento de entra e sai que ele fazia.
_ Nossa tão novinha e já gosta de sentar no cacete! _ ele falou gemendo _ agora vem brincar com Papai Noel.
Deitou-me no chão começando a me fuder com força, eu gozei pela primeira vez e senti-o retirar o cacete de dentro de mim ordenando:
_ Agora chupa seu pirulito todinho – colocado aquela coisa manchada de sangue na minha frente.
No começo me senti meio estranha, mas ai comecei a sentir mais a vontade e ao mesmo tempo em que eu o chupava me acariciava... dava mais vontade de chupar de tanto que era a minha fome por aquele pirulito.
Quando comecei a sugar como se fosse uma mamadeira o senti soltar uma coisa branca e me dizer:
_ Esse é o seu leite que vem com o pirulito tome ele.
E eu como uma menina obediente tomei todinho...
Depois deste jantar onde eu que fui comida passei ir todos os dias “comer” com o Papai Noel, que durou até o Natal porque ele sumiu desde então ser ao menos me dizer seu nome. Lila http://contandocomlila.blogspot.com
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.