RSS contos eroticos

Conto Erotico Todo mundo bebado menos eu

bom hj tenho 39, na epoca tinha 18, nessa epoca eu tinha 1,85 m e pesava 90 kg, era grande e forte, mas sem ser sarado, sou do tipo rude e grosso, tinha saido com amigos e era o mais novo, eramos em 1 casal, 1 menina e mais 2 amigoso casal foi no banco da frente e o resto super apertado no banco de traz, ainda bem q era um opala, fomos em uma boate, geral bebendo mto, e eu nunca gostei de bebe, só no refrigerante, dançamos mto, nem adianta que não vou dizer nome de niguem, e eu vidrado na namorada do meu amigo,19anos morena cor de jambo, cabelo tipo grabiela, falsa magra, bunda grande, buceta grande, peitinhu pequeno, estava vestindo calça jeans e um top tomara q caia, toda gostosa, e assanhada com o namorado, incrivel como são as coisas, o cara bebia e ia ficando brocha e ela qto mais bebia mais ficava assanhada, mas nada rolo na boate, fomos embora por volta das 3 da manha, na volta fomos embora pela praia da barra, e o tal do namorado dirigindo mau, altas barberagens, 2 amigos ja dormindo, a menina acordada mas mau tambem, a namorada com a mão no pau do namorado, e o cara tirando, nisso ele para, sai do carro da uma vomitada violenta e pede pra eu levar o carro, vai pra mala e deita, eu fecho a mala e sento, como era de menor, dirigia mau e ia devagarinho, a namorada do cara do meu lado, agora ja querendo dormir, com maior bafo de cachaça, nem liguei, tava de pau duro a noite toda por ela, peguei a mão dela botei em cima do meu pau, que ja botei pra fora enquanto dirigia, ela nem se ligo, mas só seguro, eu doido, qdo ja no caminho do urubu( uma rua bem deserta, chegando na em jacarepagua, paro o carro, do a volta, abro a porta dela e ja abaixo o tomara que caia e vo logo chupando, q chega deixa marca, ela se ligo, e fico bolada, pedindo pra para, mas sem forçaseu tento abri a calça dela, e não consigo, dou puxão forte q a calça arreia até o joelho dela,tiro ela do carro, nisso ela vomita, cai no chão fica de 4 vomitando, não penso 2 vezes, dou akela guspada no pau, miro e cravo na buceta, não tenho pau mto grande, uns 16 cm, mas é grosso, ela da um berro, e fico no vai e vem, e ela sem consegui sai, vira a mão no meu rosto e sai me arranhando, crava as unha mesmo, e eudou um puxão no cabelo para traz, que ate cravo mais o pau nela, dou-lhe uma mordida no ombro dela, e acelero o vai e vem, dou-lhe uma gozada violenta que tava encruada, efico respirando do lado dela, ela fica falando entre os dentes, pra tira o pau de dentro dela, retiro e ela disse q ia conta pro namorado, eu falei, pode conta, que depois de arrebenta com ele, ainda ia da umas porrada nela, ela tento levanta pra me esbofetear, paro a mão dela no caminho, dou-lhe um soco no estomago q ela cai sem respiração, fica me olhando de raiva, mas resolve ficar quieta e pede pra leva ela embora, ela senta no carro virada pra janela, e começo a dirigir, e vamo embora, nunca deu nada, ela não falo, e nunca mais me olho na cara, pra mim tudo bem, ja tinha me deliciado,kkkk
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.