RSS contos eroticos

Conto Erotico Brincando de chapeuzinho

Eu tinha 16 anos na epoca, tinha pele morena cabelos castanhos e um corpo perfeito.Morava em uma chacara com minha mãe, ela era separada e trabalhava na cidade de domestica. Como a chacara era longe eu não saia de casa brinquei até os 18 não sabia oque era namorar. Quando minha mãe ia trabalhar eu ia até o pomar brincar de chapeuzinho vermelho, levava uma cesta com bolos e fazia de conta que ia até a casa da vovó que era nosso paiol. Um dia chateada resolvi não ir até a casa da vovó e fiz um pic nic perto do pé de manga estendendo minha capa vermelha no chão. depositei os alimentos comi um pedaço e encostei na arvore, nem percebi algo se aproximando. Quando notei um barulho e abri os olho vi um cachorro enorme e preto comendo meu bolo.Toquei ele mas ele rosnou, concordei e deixei ele comer enquanto tentava me levantar para corre, ele rosnou e eu desiti, fiquei quieta esperando ele ir embora, o que não aconteceu. Ele veio e começou a me cheirar.Fiquei imovel de medo, ele foi descendo e eu que de espasoça por vida estava com as pernas ligeiramente abertas, Ele veio cheirando e lambendo eu assustada não fiz nada, curti tava gostoso. Como louca afastei a calcinha e deixei ele lamber.Quando ele parou eu tentei sair sem ele ver meio de quatro, nessa hora ele pulou em mim, meu vestido era curto e pela lateral da calcinha ele cutucou até achar meu buraquinho. Gritei ele não parou estocou tanto que a dor passou e eu adorei. Ele estocava tão forte que fui ao delirio.Nunca tinha provado nada igual. Enquanto minha mãe trabalhava eu dava pra ele no paiol todos os dias, até que um dia ele veio com um amigo pastor como ele eu não liguei primeiro tirei a roupa e fiquei de quatro pro meu lobo,o outro ficou olhando e assim que ele terminou e me lambeu o amigo veio querendo também. Ele era maior que o lobo e metia mais demorado hoje sei que gozei como louca, ele parava e estocava de novo. O lobo vendo aquilo veio e latia querendo de novo mais o amigo não largava, Ele meteu tanto que escorreu pelas minhas pernas sua porra.Sai do paiol com as pernas bambas. Hoje não moro mais na chacara, moro sozinha na cidade ecom 34 anos tenho dois cachorros pastores e só dou para eles.



Gostou? Então Compartilhe!