RSS contos eroticos

Conto Erotico Lanny meu padrastro e meu cão

Todos perguntava porque eu e jany estavamos sempre juntas eramos inseparaveis no colegio as pessoas achava que eram irmãs, em casa nossas maes nao sabiam mais o que fazer pra tentar nos separar sou filha unica papai e mamae se separou quando eu tinha 3anos e sempre vem nos visitar quando ele nao vinha a gente ia pro sitio que ele deu pra mamae quando eles separaram um dia janynha mim disse assim vou te contar algo que tio jorge fez comigo e sei que voce vai adorar so posso contar quando eu for com voces pro sitio pois la as coisas e melhor e la e muito grande e vou poder ficar so eu e voce longe de todos fiquei tao curiosa pois ela ja tinha mim contado umas coisinhas e eu fiquei com muito calor na hora que ela mim contou ele as veses falava com ela assim da um mamazinho pro titio eu to com fome ela com 12 anos ele brincava assim ai ela tirava o seu peitinho durinho pra fora e ele mamava bem forte ele viajou e voltou depois de 2 anos agora ela ja tava com quase 15 anos ele com 40 como seria aquela nova esperiencia ele agora bebia muito mais e a obrigava fazer outras cvoisas so isso que ela mim adiantou insisti com ela pra contar mais ela disse que so no sitio ela diria so 15dias depois nos fomos pro sitio eu curiosissima pra saber o que era eu tinha 12 anos mas ja despertava em mim uma curiosidade sexual intensa eu nao era greluda desde pequena ate os 12anos ele era normal como qualquer criança na mesma idade quando chegamos eu disse pra mamae que ia com janynha dar umas voltas ela nao se opos a gente nao parava em casa a mae da janynha nao importava que ela ficasse la com nos mais dessa vez ela tambem foi ficou arrumando as coisas com mamae e meu padrastro e eu e jany fomos ver os animais ela mim perguntou no caminho, fazendo aquela cara de pilantra "ta curiosa mais nao" eu disse logo to sim conta tudo por favor, sim eu conto mais tem que ser em um lugar legal vamos pro deposito de feno ela trancou a porta e disse venha aqui monte de feno vou te contar tudo e te mostrar como foi ele disse que eu agora sou escrava dele e tudo que ele pedir eu tenho que fazer e se eu nao faço ele mim bate no inicio nao gostei ele quer mandar em mim mas ai ele foi e perguntou vai ser minha escrava?eu respondi vou ele disse escrava mostra pro amo seu peitnho e oferece ele pra mamar ele ta com fome ela tirou o peitinho e ele mamou primeiro devagarinho depois com muita força ela disse que ate chorou de dor ela tirou meu peito pra fora ele tava duro de tesao ela falou vou te mostrar como foi sugou ele com tanta força que mim deu um calor louco e a gente tava no inverno ela disse assim ele chupou minha lingua igual xupou meu peito assim ó e meteu a boca na minha boca e mim beijou derepente eu falei pra ela aqui ta muito quente entao ela disse tira a roupa e juntas nos despimos ela mim perguntou assim voce quer ser minha escrava nao e justo sou a escrava dele e eu mesmo nao tenho ninguem pra mim obedecer eu cheia de entusiasmo disse quero sim janynha ela mim beijou na boca e disse entao aparti de agora so faça o que eu mandar e nao fizer vai apanhar e mim contou como apanhava de seu jorge quando nao obedecia ele ia contando e mim dando tapas mostrando como ele batia nela fiquei exitada ela percebeu e mim disse oh escrava arreganha a perna e mim mostra sua buceta eu quero mamar nele tambem ate ela sair um leitinho gostoso na minha boca eu disse a ela isso eu nao vou fazer ela mim deu um tapao na cara e disse escrava obedeci anda rapido arreganha essa perna eu disse nao denovo levei outro tapa na cara ela agarrou meu cabelo e puxando forte disse vai obedecer ou nao com medo eu disse vou e abri a perna ela brincou um pouco com meu grelinho e mim disse ele ainda tem que crecer muito e para isso acontecer eu tenho que xupar ele muito forte igual tio jorge faz com o meu quase gosando ela olha e ver meu padrastro nos olhando pela janela aberta ele e meu cão pastor derik nao tive como sair mais jany esperta caiu fora mim deixando ali entregue ao lobo ele barrou a porta e mim disse tua mae vai saber de tudo que vi aqui princesa eu implorei pra que ele nao contasse ele mim apertou meu peito xupou forte e disse depende so de voce se eu e o derik pudesse ter uma festinha dessa agora e sempre eu nao conto nao ia arriscar eu disse que aceitava eu mim empurrou pro feno meteu a mao com força na minha buceta e deu pro derik lamber.... isso e outra pra depois se gostarem eu publico outras do eu meu padrastro e meu cão derik