RSS contos eroticos

Conto Erotico Minha namorada e o cão de sua irma

Bom é a minha estreia aqui no contos, mas vou tentar relatar tudo o que aconteceu entre eu, minha namorada e o rex um pudou branco. Sou muito safado e gosto de fazer coisas muito diferente saindo da rotina tenho uma namorada muito gostosa, branquinha de corpo esbeuto. Bom vamos ao que interessa, minha namorada era virgem aos 20 anos podem acreditar, sempre deixei ela apar dos meus pensamentos no caso de sexo, um certo dia comentei com ela que eu gostaria de ve-la dando para um cachorro, mas como e normal de uma garota de principios sempre negava ela é de costumes conservadores e seguia a simples vida sem muitas emoções, mas eu estava afim e sou brasileiro não desisto nunca, então tive uma ideia que foi para esquentar a minha ideia comprei um video porno de zoofilia e fiz ela assistir no começo ela achou nojento, bom até ai tudo bem, eu fiquei excitado com o video e a procurei e fomos transar como eu ja a conheço muito bem começei a falar no ouvido dela para ela pelo menos tentar brincar com o rex e ela aceitou mas que não ia da para ele e que iria so passar a mão nao pau dele e que não passaria disso que ate mesmo ela tinha nojo dessas coisas eu mais que depressa topei mas que nao seria naquele dia que teremos que dar um jeito para que isso acontecesse ate mesmo porque a casa dela e cheia de gente porque a mãe dela e muito conhecida no bairro. O tal dia chega-ra ja era tarde da noite e minha cunhada tinha saido com o namorado dela e a mãe dela foi dormir, eu logo a perguntei vamos la fora para fazer o nosso combinado e ela topou na hora sem porem. Fomo ate o fundo da casa e chamos o rex e ele veio todo alegre tipico de cão mesmo, sentamos nos bancos e ela começou a passar a mão nele quando ela assustou o rex ja estava de pau todo para fora de sua capa ela ficou com nojo e não quis mais fazer isso mas eu de tanto issistir ela vontou a passar a mão outra vez e nisso eu fiquei muito excitado e não passamos dali com o rex e fomo transar no quarto dela ja que sao tres quartos separados. E a peguntei se ela gostou e ela disse que sim que da para continuar e quem sabe deixar ele lamber sua xana rosadinha nisso eu fiquei maravilhado e pesaremos em outro dia. Não deu outra minha cunhada tinha saido outra vez e a minha sogra tinha ido dormir, ai nos fomo la pra fora e ela tornou a chamar o rex, ela ja estava de saia e detalhe sem calcinha e lavantou a saia e deixou o rex lamber sua xama e eu fiquei ali so olhando de pau duro e batendo uma admirando aquela cena nossa e que cena, eu gozei ali vendo ela deixando o rex se deliciar a sua xana, e minha namorada chegou até a gozar pela situação e de tezao ao me ver gozando, como era de costume fiz minhas perguntas e ela disse era muito bom que eu tinha feito a coisa certa de insistir pois foi maravilhoso deixar rex a lambe-la. Os dias se passaram, e eu sempre a perguntar se ela tocava no rex nos dias que eu não ia la ve-la ela disse que, e eu fiquei maravilhado com aquela resposta e ja perguntando se ela deixaria ele fude-la e para a minha surpresa diz que sim que gostaria de sentir o pau dele dentro dela ai eu fiquei animado, mas como sempre temos que esperar uma oportunidade, e essa oportunidade veio minha sogra e minha cunhada viajaram, e minha namorada não pode pois não estava de ferias assim como minha cunhada, quando eu fiquei sabemdo disso logo falei p ela que dava para fazer o que nós estavamos afim de fazer e ela logo topou. Era mais ou menos 8 da noite quando cheguei do trabalho, tomei um banho e fui pra casa dela, para a minha surpresa ela estava ventida de comizola transparente e sem calcinha e logo foi me perguntando se o rex iria ter tezão de ve-la daquele geito e respondi que ele eu nao sei mas que eu estou de pau duro isso sim. Então fomo la fora chamamos o rex, ela começou a toca-la agora se nojo, percebemos que ele estava afim de fude-la, ela logo ficou de quatro empinando aquela bunda maravilhosa para o rex que o mesmo nao perdeu tempo e foi logo ao trabalho subindo nela naquele movimento ate gozar e eu la so na covardia nos cinco contra um e gozoi so de va-la de quatro como uma cachorra deixando o rex fazer meu trabalho e enchendo a xana de liquido e ela gemendo de dor e prazer no qual ela mesma me disse que estava muito bom sentir a pica do rex dentro dela. que nao foi muito para frente, nos tres gozamos e fomos para dentro de casa, como era de constume fiz minhas perguntas e ela me respondeu que adorou foi uma experiencia inexplicavel e que eu fiz muito bem em insistir mesmo que ela da para o cão. Os dias se passaram e ela sempre da para o rex alias ele e de sorte porque ele era virgem e sempre come ela no quintal, e hoje ela quer dar para um cavalo, e que gosta muito de zoofilia e sempre ela entra nos sites para ler uns e que acaba tirando uma ao ler contos de zoofilia. E como sempre eu insentivando-a a ser mais ousada e safada como uma cadelinha no cio e sempre o rex na frente dela. Bom galera essa e um relato que acontece ate hoje e espero que vocês gostarem e fiquem avontade para se aliviar em uma covardia que seje homem ou mulher!!!
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.