RSS contos eroticos

Conto Erotico Sou a unica cadela do meu cachorro

Bom gente hoje eu vou contar um pouco da minha realidade de vida. Tenho 52 anos sou casado,tenho 04 filhos sempre fui e sou tarado por mulher, não aguento ver uma mulher mostrando a calcinha, que eu fico doido, tarado exitado, hoje em dia estou filmando eu vestindo todas as calcinhas de minha esposa de vestido da sintura pra baixo e me sinto com vontade de bater uma punheta.Más vamos o que interessa, já escrevir dois contos um (Meu cachorro me deixou arrombado)( Fui pra comer ele,ele que me comeu )Bom eu quero dizer que durante toda essa minha vida só transei com um homem, duas vezes e com cachorro varias vezes, Agora mesmo acabei de transar com meu cachorro que durante este cinco anos de idade ele nunca conheceu uma cadela a não ser eu, e nesse tempo todo so fiquei engatado com ele duas vezes más por pouco tempo pois, como já disse sou casado e sempre tem gente dentro de casa fico comedo de alguem chegar e me encontrar na aqula situação engatado com um cachorro, por isso que na segunda vez que fiquei engatado puxei bruscamente que me lascou todo meu cu interno sangrou bastante que tive de usar absrvente de minha mulher durante dois dias. Más gostaria de relatar que como já disse sou casado tarado pra poder cheirar pegar chupar e meter numa buceta, más não sei o que me dar cabeça de uma hora pra outra vem aquela vontade terrivel de dar minha bunda, chupar uma pica bem grande e grossa,meter toda dentro do meu cú.más tenho medo de me relacioanar com algum homem,na verdade eu não gosto de homem, eu gosto de pica e não me ligo na parte fisica e sim da rola,más toda vontade de transar com homem e só na hora que deito na cama,pois passo o dia todos com varios homens e só a noite que vem o pensamento de encontra um homem com a pica grande grossa e metera toda dentro do meu cú.Ai vem a minha tara por cachorro que me come e não sai falando pra ninguem,e o sinistro e que eu procuro transar com meu cachorro na hora que estar todo mundo dentro de casa,tem hora, que eu abuso muito da sorte, como agora mesmo minha mulher estar no quarto, meus filhos na sala assistindo televisão e acabei de vir fundo do quintal fudendo com meu cachoro pela segunda vez hoje.fui pro banheiro dos fundos, como ele já sabe que eu exalo um aroma no olhar pra ele, ele logo entende que naquela hora eu quero servir de cadela pra meu cachorro, Como sempre eu já acostumei ele a lamber meu pau e descendo pra porta do cú com aquela lingua aspera com a sensação dele meter sua rolona dentro de mim sem passar o nó então pego aquele cacete duro com aquele nó do tamanho de uma maçã e começo a colocar dentro do meu entrando e saindo até ele se satisfazer até o final,afinal se sou a unica cadela dele, tenho de fazer o que ele quizer.
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.